Sobre o Autor

Gosto de me comunicar, expressar opiniões e mensagens inspiradoras de elevação espiritual. Sou uma pessoa de firmeza e tenho autoconfiança. Respeito e acolho a opinião dos outros, construir relações honestas e produtivas. Sou detalhista, tenho pré-disposição para ser criativo, respeito e admiração pelos animais e praticar o bem.

 

Read More

 

Entre na nossa lista e saiba Mais Floripa 

© 2023 by Going Places. Proudly created with Wix.com

  • White Facebook Icon
  • José Luiz Sardá

PRESERVAR A CULTURA, A ARTE E A MEMÓRIA DE FLORIPA.


Há tempo expresso minha preocupação à importância de resgatar e preservar os valores culturais e dos acervos históricos materiais e imateriais de nossa eterna Desterro, hoje nossa querida Floripa. Tive o privilégio de trabalhar na Secretaria Municipal de Cultura e na Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, lá pude conhecer de perto a estrutura administrativa, técnica, operacional, os diversos pontos culturais e prédios históricos espalhados pela cidade.


A Casa da Memória de Florianópolis, reúne farto registros visuais, sonoros, bibliográficos e documentais relativos à história, memória, identidade e produção cultural da cidade. O Teatro da União Beneficente Recreativa Operária (UBRO), as atividades teatrais, shows musicais e espetáculos de dança e a Escola Livre de Música. Na Praça XV, o Arquivo Histórico Municipal Professor Oswaldo Rodrigues Cabral, abriga a Galeria Municipal de Arte Pedro Paulo Vecchietti e o Memorial Meyer Filho, para exposições artísticas e atividades culturais.


O Centro Cultural Bento Silvério, o famoso Casarão da Lagoa e a Casa das Máquinas, prédio antigo restaurado, tombado pelo Patrimônio Histórico e Arquitetônico de Florianópolis, em outros tempos funcionou a Estação Rádio Telegráfica e a Empresa de Correios e Telégrafos. Ali são realizadas oficinas de rendas de bilro, exposições, entre outras atividades e manifestações culturais.


Nossa Floripa do hino Rancho de Amor à Ilha do saudoso poeta Zininho, da Praça XV, da Catedral Metropolitana, do histórico casarão da Câmara e Cadeia, hoje restaurado, vai abrigar o Museu da Cidade. Das Igrejas e Fortalezas centenárias, do Museu Palácio Cruz e Sousa, do Mercado Público, do Memorial ao Miramar, da ponte Hercílio Luz, do Centro Histórico, do conjunto de sobrados oitocentistas geminados. Do Largo da Alfândega, em restauro, da arquitetura luso-brasileira e outros patrimônios históricos que emolduram os cartões postais da Capital dos catarinenses.


Nossos queridos personagens manezinhos da Ilha, o Carnaval, a Festa da Cultura Açoriana de Santa Catarina (AÇOR), a Maratona Cultural e o Festival Isnard Azevedo à realização de espetáculos culturais e teatrais em diferentes espaços públicos da cidade. Na religiosidade, o ciclo de festas do Divino Espírito Santo, a Procissão do Senhor Jesus dos Passos e de Corpus Christi, que enfeitam as ruas com belíssimos tapetes de flores ao Santíssimo Sacramento.


Necessário levar aos bairros do interior da Ilha e parte continental mais praças, parques e jardins à realização de feiras livres, atividades culturais, artísticas, esportivas e de lazer. Vamos resgatar e valorizar a história oral, a memória dos bairros, os costumes e a identidade local das pessoas que fizeram e continuam fazendo a história e as estórias de nosso lugar.


Fotografia: Largo da Alfândega - PMF

21 visualizações